Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2016

M. quase a fazer 6...

A M. está quase a fazer 6 anos... Ela está tão feliz como eu! Está feliz porque vai ter uma festa de princesas, com direito a saias de tule, coroas na cabeça (tudo feito por mim, que tem muito mais piada) e bolo com cor-de-rosa! A mãe está feliz por ter o privilégio de ter uma filha assim, que me enche de muito carinho e me diz todos os dias: mãe eu não gosto de ti, eu ADORO-TE!

Esta princesa tem personalidade e pouco se importa com aquilo que os outros dizem! A prova está na forma como usa a fita do cabelo quando vai para a aula do ballet.


M. FitaNaTesta

Saudades desta luz...

Uma amiga acabou de partilhar comigo esta fotografia, tirada hoje (sem filtros nem aditivos)...

Créditos fotográficos da Marta Ferreira
Disse-me que de vez em quando vem aqui carregar as "baterias" e eu, que sou uma rapariga do Norte, entendo bem o que ela diz! Quando se vive longe da uma cidade assim, que nos viu crescer e ser gente, é impossível ficar indiferente a esta luz, a esta cor, a esta paisagem que nos enche o coração e alimenta a alma. Obrigada Marta por partilhares este pedaço do teu dia, que também a mim me ajudou a carregar a "bateria".

E vocês por aí, também alinham nestas drogas legais?

O tema não é novo e é de facto um assunto que vem à baila muitas vezes. Uma professora do meu filho quis em tempos dar-me a entender que talvez ele fosse hiperactivo... Preocupada com essa hipótese falei ao pediatra, que rapidamente me passou um atestado de "burrice" dizendo-me de caras que nem queria acreditar que eu pudesse ter considerado tal. Depois de fazer um teste simples - nada mais que pedir ao meu filho que lesse uma micro-história e a contasse por palavras suas, que ele obviamente foi capaz - perguntou-me se eu ainda tinha dúvidas.
É claro que não tenho um filho hiperactivo, tinha era uma professora cansada de aturar crianças e esta seria talvez a solução para ter uma turma de 25 "zumbies", que não se mexessem, não fizessem barulho ou perguntas a toda a hora.
Admiro os professores, sobretudo porque confesso que não era capaz de passar 6 ou mais horas numa sala com 25 crianças, mas todos devemos ter a capacidade de conhecer as nossas limitações e esta pr…

não é só aos outros que acontece...

No passado dia 26 de Fevereiro, depois de uma queda aparatosa nas escadas e uma semana e meia do que se julgava ser apenas uma entorse, os médicos chegaram à conclusão que afinal se tratava de um pé partido. Fracturas múltiplas e 6 semanas com gesso foi o resultado final. A caminho da 4ª semana confesso que estou à beira de um ataque de nervos, por sua vez a família já só me quer ver é pelas costas.

6 semanas assim
Uma amiga partilhou esta história comigo, que a bem dizer podia ser a minha!  http://uptokids.pt/opiniao/diario-de-uma-mae-lesionada/

cinderela...

Hoje acordei com a minha filha a ouvir a música da Cinderela de Carlos Paião.
Lembro-me de ouvir Carlos Paião mais ou menos da idade dela e de gostar muito das suas músicas! Faziam-me sonhar com amores lindos e princesas felizes! O meu maior desejo é que também a M. possa ser uma criança feliz, como eu fui, e não perca a capacidade de sonhar e de gostar de músicas que falam de amor, princesas e pós de arroz!
(foto tirada do Pinterest)
Aqui fica a música
https://www.youtube.com/watch?v=VIqq1XJNkBw

o que não é mentira no dia das mentiras...

Depois de ter deixado para trás 15 anos da profissão que escolhi quando ainda era adolescente e depois de ter abraçado um desafio completamente diferente, que a mudança de país "obrigou", eis que hoje, dia 1 de Abril, e não é mentira, começo uma jornada "medieval".
Estou confiante e entusiasmada que será sem dúvida um desafio, mas mais do que nunca sinto-me preparada para enfrentar estes mistérios medievais!