Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2016

Voltando ao massacre em Orlando...

Voltando ao massacre em Orlando e a todos os comentários estúpidos que já li sobre isso e sobre muito mais. Este e qualquer tipo de ataque à liberdade de cada um, seja ela sexual ou outra qualquer, é condenável. Fico sempre extremamente triste e revoltada quando sou confrontada com estas notícias e me vejo e revejo no lugar, quer das vítimas quer dos que ficam a chorar pelos seus mais queridos.

Sou mãe de dois e a única coisa que desejo é que sejam felizes, e responsáveis, com as escolhas que fazem ou irão fazer no futuro, lá estarei para os apoiar, ou não, quando não concordar. Espero ser capaz e ter lucidez suficiente para os poder aconselhar da melhor forma, sem interferir na sua liberdade. Relativamente à escolha sexual de cada um, seja eles meus filhos, irmãos, primos, sobrinhos, afilhados ou amigos, só tenho que a respeitar tal como eles respeitam a minha. E sobre isto não digo nem mais uma palavra.

Mas digo sim sobre os comentários estúpidos e cruéis que li depois do Rui Maria …

Chocada....

Chocada, triste, revoltada com o massacre em Orlando. E mais não consigo dizer, por hoje.

Euro2016...

O Euro2016 começa hoje e eu que até nem sou fã de futebol, confesso-me entusiasmada com o início deste evento futebolístico! E sim, sou fã do Cristiano Ronaldo, gosto daquela parte em que o moço tira a camisola e mostra o resultado do esforço físico que tem feito estes anos todos e celebra os golos como se fosse o melhor do mundo (que para mim que não percebo nada, é)! Além do mais, parece-me que o rapaz tem bom coração e anda por aí ajudar quem mais precisa, o que é de louvar e só por isso já merece ganhar o campeonato! Sim já sei, os outros também o fazem e não vão para os jornais anunciar, pois não quero saber, gosto do moço e ponto! E para aqueles que dizem que ele é arrogante, eu chamo-lhe atitude (cada um vê o que quer)!

Ronaldo à parte, gosto destes eventos porque é sempre uma boa desculpa para juntar a família e os amigos, beber umas cervejolas, comer uns tremoços e insultar meia dúzia de gajos sem que ninguém fique ofendido, porque afinal estamos todos a torcer pela mesma cor…

A vida aos 40...

Dizem que os 40 são os novos 20, seja lá o que isso for para mim os 40 são os 40 e, é aos 40 (e dois) que sei mais coisas, que me sinto mais segura (mesmo quando não sinto), que sei o que quero e o que não quero, que faço o que gosto (e algumas coisas que não gosto também, mas quem tem responsabilidades tem de aguentar e não adianta reclamar), que passo o meu tempo livre com que me apetece e estou-me nas tintas para o que os outros pensam de mim. Se aos 20 pensasse assim, não teria gozado metade do que gozei e não teria certamente aprendido tudo o que aprendi para chegar aos 40 (e dois) nesta bela forma mental.
Por isso vamos lá por as idades no sítio delas e deixar os 40 tal e qual como que eles são. Para mim os 40 (e dois) são tipo uma nova adolescência, mas mais madura e sem borbulhas no rosto, pois já não reclamo com os pais e não acho que o mundo está todo contra mim, mas reclamo com todos aqueles que me chateiam a moleirinha, incluindo o empregado de mesa ou a senhora da loja d…