Avançar para o conteúdo principal

Gorda ou Magra? EU!

Anda a circular por toda a internet, através de figuras conhecidas e outras menos conhecidas, uma campanha contra o bullying entre as mulheres, que eu apoio totalmente, até porque todas nós sabemos que anda por aí muita mulher que é pior que cobra (cabra)!

Não é preciso ser gorda para ouvir comentários desagradáveis, toda a minha vida fui magra e houve alturas em que só me apetecia chorar com os comentários que ouvia: “ah, estás tão magrinha, estás doente?” “aí que te aconteceu para estares assim com esse ar escanzelado?” “estás tão magra, andas fazer dieta, tu não precisas”, “estás feia de magra, tu vê lá não fiques doente”!

Durante muitos anos ser magra foi um martírio e não uma benção, como muitas pessoas pensavam! Primeiro porque tinha de ouvir estes comentários vezes sem conta; segundo porque comprar roupa era sempre um desespero, ora porque não me servia (porque há uns anos não havia XS e ainda hoje há tamanhos S que não me servem), ora porque não me assentava bem e eu ficava tristíssima; terceiro porque era, e continuo a ser, uma magra com celulite e não há exercício que me valha; e quarto, porque os comentários “invejosos” de algumas mulheres eram piores que facas e faziam com que fosse muito insegura quanto à minha imagem!

Hoje em dia estou a borrifar-me para todos os comentários ou olhares, aprendi a gostar de mim assim, magra com a celulite e o dito “ar escanzelado”, assim como aprendi a ignorar os comentários invejosos ou depreciativos, e a lidar com a frustração de nem sempre conseguir comprar a roupa que gosto!

Esta segurança permite-me criar os meus filhos de forma saudável, mas sobretudo consciencializá-los de que ser gordo ou magro não importa, o que importa é o nosso carácter e que nada é impossível!
Já viram este vídeo? É o perfeito exemplo de que não é o nosso peso que dita quem somos e o que somos capazes de fazer!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Oferta de uma sombra de olhos em rosa metalizado!

Querem ganhar esta sombra creme de olhos, rosa metalizado, da marca 3INA (pronuncia-se Mina), que é resistente à água, de longa duração e que vos vai deixar ainda mais bonitas nestas festas natalícias? Vejam em baixo como!
Mas antes deixem-me dizer-vos que a marca 3INA foi criada em 2014 e é inteiramente fabricada na Europa. Esta nova linha de produtos de maquilhagem, para além da garantia de qualidade a preços muito acessíveis, é livre de parabenos e não faz testes em animais. 
Eu estou completamente apaixonada por esta sombra e quero muito partilhar este presente com uma de vocês!


Para participarem só têm que:
1 - Fazer um like neste post no facebook
2 - Seguir o Entre Vidas e Coisas no facebook aqui e no Instagramaqui
3 - Partilharem este post no facebook

Podem participar até ao dia 22 de Dezembro. O vencedor será seleccionado de forma aleatória e anunciado na nossa página do facebook.

Boa sorte!

Fim da escola/ vivam as férias (ou não)....

Amanhã acaba o colégio! Amanhã começam as férias grandes! Para muitos pais isto é uma dor de cabeça... nós, mais uma vez, temos a sorte de ter duas avós maravilhosas que tomam conta deles, para grande alegria dos miúdos e das avós e, descanso dos pais.
O mês de Julho ficam na ilha com a avó Zezinha, vão a banhos todos os dias, têm aulas de natação logo pela manhã, brincam como lhes apetece e ficam tão cansados que à noite é vê-los tombar. O mês de Agosto vão a Portugal e ficam à responsabilidade da avó Barbara, adoram lá estar, fartam-se de passear, e na hora da despedida pedem sempre para ficar mais uns dias. Entre uma avó e outra passam 3 semanas com os pais. Depois, pais e filhos descansam uns dos outros, a avó Zezinha recupera as forças, e no início de Setembro voltam à ilha para se prepararem (que depois de 2 meses de boa vida é precisa muita mentalização) para mais um ano escolar, fazem revisões da matéria dada, compram-se os livros e materiais, mas continuam a ir a banhos até …

Ano Novo "same old life folks"

Então Bom Ano outra vez! Sim, porque hoje a grande maioria volta ao trabalhinho e vai perceber que nada mudou! E desculpem-me a tinhosice logo de manhã e ao dia 2, mas vamos lá ser realistas agora que já passou o efeito do champanhe! E as listas de resoluções e planificações e novas decisões, tudo a postos para fazer o “check list”? (tinhosice outra vez)
Bom, vou deixar-me de ironias e falar a sério sobre isto...

Quanto a vocês não sei, mas para mim a passagem do ano é literalmente isso, passar de um ano para o outro sem grandes mudanças ou novidades, o que eu agradeço, até porque gosto de acordar no dia 1 com os do costume e com tudo no mesmo sítio (vá, alguns copos fora do sítio, a casa mais suja que o habitual, mas isso foi só por causa de mais uma festa). Não adianta fazer 500 mil listas de “ano novo” se durante o resto do ano não cuidarmos de nós, não acarinharmos os que mais gostamos, não tomarmos as rédeas da nossa vida e irmos à luta! Pensem nisto e agora vejam lá se fizeram iss…