Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2018

Vamos falar sobre as minhas unhas dos pés?

Há cerca de um mês recebi mensagem privada, que destas coisas não se fala em público, sobre o facto de andar com as unhas dos pés por pintar enquanto publicava looks do dia e usava as hashtags #fashion e #blogger, aproveito para dizer que as das mãos também andam a maior parte das vezes por pintar, caso não tenha reparado!

Quer-me parecer que pintar ou não as unhas, independentemente do que publico e das hashtags que uso, ainda é algo que só a mim me diz respeito. Ainda... Se fica feio ou não, isso já é outra conversa, e tenho de concordar que tanto os pés como as mãos ficam mais bonitos com as unhas pintadas. Dito isto, e em minha defesa, tenho que acrescentar que o facto de não ter as unhas pintadas não significa que não ande com os pés e com as mãos arranjadas. O mesmo não se poderá dizer de muito pé que circula por aí alegremente de unha pintada, enquanto que o pé, ele próprio, carece de muito cuidado...

Já agora (há sempre um já agora) aproveito também para dizer que é raro pint…

A decisão mais maluca que já tomei...

Setembro marca nosso “novo ano”. O inicio do ano lectivo vem sempre acompanhado de coisas novas, novos objetivos, novos desafios e muitas expectativas, não só para os miúdos, para mim também, e este ano eu tomei a decisão mais maluca de sempre!

Vou passar um ano sem comprar roupa! Eu sei que é de doida e, na verdade, não sei se vou ser capaz, mas uma coisa vos garanto, estou decidida a tentar! Ficam desde já salvaguardadas algumas situações, tais como casamentos e afins (e só se não conseguir reciclar) e casos de extrema necessidade por estrago ou velhice da peça.
Ando a pensar nesta ideia já há um tempo e depois de mais uma época de saldos, em que dei comigo a vaguear pelas lojas e a pensar que não precisava de nada, (embora tenha comprado algumas peças, mas muito poucas, e nessas estão os botins lindos de ontem) e mesmo que precisasse não tinha sítio onde pôr nem mais um par de meias, tomei esta decisão maluca!
Para além disto, cada vez mais me preocupa o sentimento “da felicidade…

O que eu gostava mesmo, mesmo...só que não!

Sabem o que eu gostava mesmo, mesmo?
Ser hiper mega organizada e preparar os posts do blog com uma semana de antecedência, e mostrar umas fotos super fashion, e fazer uns posts fofinhos e aparecer em todos os feeds e pumbas, ser a maior!
Só que Não!!
Porque essa não seria eu, porque eu não sou hiper organizada, quanto mais mega, porque mesmo depois de fazer uns workshops (com pessoas super profissionais) para ser mais organizada e aprender a fazer uns posts giros e como devem ser, não faço nada, porque o que eu gosto mesmo é de ser espontânea e postar o que me apetece, às vezes com as fotos tortas, porque mesmo não sendo super fashion eu assumo o meu estilo, porque eu gosto da minha vida tal como ela é, e sou feliz com todas as minhas falhas! O entrevidasecoisas é isto e não faz sentido ser outra coisa!
Obrigada a quem nos segue e aceita tal como somos.
ps - este post por acaso foi escrito ontem, num dos meus momentos de reflexão ao Domingo, mas só saiu hoje porque nos entretantos há …

Quando as redes sociais nos ensinam a ver para além do visível...

Sigo a Ana do familyhome29 há menos de um ano, mas gostei dela desde o primeiro like, embora só mais tarde tenha percebido porquê. Depois de termos trocado algumas mensagens percebi que a Ana era uma pessoa maravilhosa, com uma família linda e que escrevia sobre assuntos que me interessavam de uma forma honesta e muito clara (como se diz na minha terra, sem "papas na língua"). E não vou aqui falar-vos do Instagram dela, porque esse é de perder a cabeça!

Depois de ler o último texto da Ana no blogue, que RECOMENDO a toda gente, até porque trata de filhos feministas (e não é um erro ortográfico) e uma história de vida que aperta o coração, percebi que é muito importante ver para além do que é visível, ter o coração aberto para aprender e agradecer todos os dias as pequenas lições da vida. 




Como se explica?

Como se explica a estas miúdas de 8 anos que a partir de hoje vão estar a mais de 3000km de distância? Como explico à minha filha que a amizade também existe à distância, quando aquilo que ela quer é ter a amiga na casa dela para brincar, para contar segredos, para abraçar e discordar acerca do vestido amarelo da boneca? Bem sei que as amizades sobrevivem à distância, mas é precisamente nestas idades que se criam os laços que ficam para sempre e se cria aquela cumplicidade de amigas de infância e isto (ainda) não se faz virtualmente, nem se explica a quem só tem 8 anos.
Dizia-me ela com os olhos cheios de lágrimas (e eu também): oh mãe eu gosto muito da Inês, ela é a minha melhor amiga, aquela com quem eu falo a minha língua, vou ter muitas saudades dela... 
Com a mesma idade passei pelo mesmo turbilhão de emoções e sei que o tempo tudo cura, assim como sei que não é a distância ou o passar dos anos que nos fazem esquecer estas amigas especiais, mas com estas idades não se percebe po…

Hoje levei um murro e agradeci...

A segunda-feira é aquele dia em que me organizo mentalmente para o resto da semana e geralmente tenho uma boa relação com este dia, até porque na maioria das vezes estou bem disposta e gosto de (re)começar, mas hoje levei um murro no estômago e tive que parar para me organizar outra vez, não só para o resto da semana mas talvez para o resto da vida...

No arquivo onde ia ter uma reunião estava um rapazinho, que fiquei a saber depois, com 13 anos, numa cadeira de rodas, que me pediu a mão mal me viu entrar... dei-lhe a mão e fiquei uns bons minutos de mão dada com ele, a sua pele era suave e fria... durante esse tempo falei com o pai que me disse que o Isaac não falava e mal se mexia, o que percebi mal o vi pela forma como as fitas o seguravam à cadeira e as próteses nas pernas... despedi-me do pai com um adeus e do Isaac com um beijo na mão que segurava a minha...e nesse momento o meu coração encheu-se de tristeza e muita angústia, ao mesmo tempo que agradecia a todos os santos e credo…

E assim de repente 5 anos! Mela!

Fez ontem 5 anos que esta pequena ilha, onde Ulisses se perdeu de amores por Calipso, onde S. Paulo naufragou a caminho de Roma, onde Caravaggio pintou uma das suas mais belas obras, e onde Portugueses, Cavaleiros da Ordem que se tornaram Grão-Mestres, deixaram as suas marcas ainda hoje bem visíveis e sentidas, me recebeu cheia de histórias para contar e encantar.
Há 5 anos cheguei cheia de medos e dois filhos pela mão, mas certa da minha decisão e da vontade de ser feliz! Nestes 5 anos, chorei qb, ri muito, fiz novos amigos, aprendi muitas coisas, sobretudo sobre mim, e vivi, cada dia, com a certeza de que estou onde e com quem quero estar! Já sabem que isto tudo foi por amor, certo? 
Venham mais 5, 10 ou 15, aqui ou noutro lugar, mas sempre juntos, que só assim conseguimos ser melhores, mais fortes e mais felizes!
Grazzi hafna Malta


Da série "amigos para siempre"

Os amigos são para mim uma elemento fundamental na minha vida! Diria talvez que são tão importantes como a família, sem que uns substituam os outros e cada qual com a sua importância, eu preciso de uns e de outros para me sentir segura. Quando me mudei para Malta tive alguma dificuldade em fazer novos amigos, até ao dia em que percebi que a única responsável por isso era eu. O conforto e o colo dos amigos de longa data, mesmo à distância, eram como que uma desculpa para não fazer novas amizades, porque achava que fazer amigos aos 40 era uma trabalheira tremenda e, sobretudo, porque isso me obrigava a dar de mim. E à volta disto girava a minha dificuldade em adaptar-me à ilha e a toda uma nova vida. O que se reflectia naturalmente na minha vida familiar. Mas foram os meus amigos, que mais uma vez me provaram que são dos bons, que me “obrigaram” a cortar o cordão umbilical com eles e a deixar a porta aberta para novas amizades! Desde esse dia que sou muito mais feliz e que a minha vida…

Vermelho e Rosa

O look do dia é simples mas fica tão bem composto com este colar feito por mim! Adoro estas duas cores juntas e estou in love com este colar! Gostam? #entrevidasecoisas #portugueseblogger #blogger #lookdodia #outfit #outfitoftheday #acessorios #madebyme #maededois #mulherde40 #mulheresreais

Sim ou Não?

Tenho um casamento dia 6 e está a apetecer-me fazer misturas, assim como esta, mas em vez de saia vou reciclar pela 3 vez umas calças palazzo!!! Sim ou Não a estas duas cores juntas? #entrevidasecoisas #blogger #portugueseblogger #lookcasamento




Herpes, és tu outra vez?

O herpes é um amigo de longa data, mas como não posso usar Zovirax porque me queima a pele, tenho escolhido métodos naturais. Quando é pequeno deixo curar naturalmente, quando toma certas proporções uso alho mal dou conta dos primeiros sinais, pois actua como antibiótico natural. É caso para dizer gira, arranjadinha e mal cheirosa!! E quem tem herpes, o que faz? Quero ouvir as vossas dicas. #entrevidasecoisas

Já conhecem a Chef Cláudia?

Ao Domingo Chef Cláudia está de serviço! Gosto tanto! Tomate com cebola, manjericão, azeite e sal, abacate com alho, sal e limão para fazer umas bruschettas. Húmus de grão de bico e de batata doce, este com turmeric. Para a sobremesa Tarte de Limão e Coco! #happysunday #entrevidasecoisas #portugueseblogger #blogger #food #homemadewithlove

Fly baby, fly...

What if I fall? But my darling what if you fly? 💕 O sonho comanda a vida e eu estarei cá para vos ajudar a sonhar e voar o mais alto possível!
 #entrevidasecoisas #happyfriday #portugueseblogger #blogger #maededois #myballerina #mulherde40 #afamiliaprimeiro

O poder é nosso

No Dia da Família

Acabei de perceber que está é a última fotografia que temos os 4 (estamos a precisar de tirar outra), não que ela represente a minha família, porque aqui faltam as avós, o tio, os padrinhos, os amigos... mas aqui está toda a minha felicidade e o que me faz viver! #afamiliaprimeiro #entrevidasecoisas #maededois #mulherde40 #mulheresreais

Hoje vou vestida de “barraca de praia”

Como sabem, em dias de trabalho, 90% das vezes escolho a roupa de véspera, correndo todos os riscos meteorológicos que isso traz, sobretudo quando me esqueço de consultar a bola de cristal do tempo! Hoje foi dia! O tempo está cinzento, fresquinho e promete chuva. Acham que troquei a roupa escolhida ontem?! Nada disso! 🙈 Olhei-me no espelho, ri-me sozinha e pensei: Lá fora promete chuva, mas que se dane, vou vestida de barraca de praia na mesma!  😂😂 O colar é da minha autoria!  Look do dia com mensagem: nunca deixem de se rir de vocês próprias!   #entrevidasecoisas #portugueseblogger #blogger #fashion #lookdodia #outfitoftheday #ootd #mulherde40 #maededois #mulheresreais

Ser Mãe é...

No Dia da Mãe na ilha! Ser mãe é o meu maior desafio! Desafia a minha capacidade de amar, a minha noção de responsabilidade, o meu egoísmo, a minha resposta ao inesperado, a minha paciência e a minha resistência física! Ser mãe é ter muitos medos e é saber supera-los todos os dias! Ser mãe é rir, chorar, correr, saltar, tudo ao mesmo tempo e sempre sem parar! Ser mãe nem sempre é a coisa melhor do mundo, mas é sem dúvida o que gosto mais de fazer nesta vida!  Assinado Claudia, mãe in progress 

A foto não é de hoje, mas podia, porque é tudo o que estes dois mais gostam de fazer.

Filha “única”

A fazer de conta que é filha única no melhor programa de sábado: ir com a mãe comprar flores!




Publico porque gosto. Publico porque sim. 

Isto de ter um perfil público tem muitas consequências, uma delas são os avisos à tripulação 😀😀
“Porque publico os “looks do dia” se não sou fashionista?! Porque nunca digo de que marca são as minhas peças de roupa?!” Acho que já disse isto antes, mas não me importo nada de repetir todas as vezes que for preciso.  Publico os meus “looks do dia” porque quero e porque gosto! Publico os meus “looks do dia” porque sou uma pessoa simples que veste roupas e não marcas e desta forma consigo passar a mensagem que não há desculpas para não sermos vaidosas. Com peças simples e sem gastar muito dinheiro podemos andar sempre na “moda”! Para mim moda é o que me faz sentir bem e bonita! Não sigo tendências sigo o que eu gosto! 
Mas vocês querem saber de que marca são as minhas peças de roupa (às quais na verdade vou fazendo referência) todas as vezes que publico um “look do dia”, ou isso não vos interessa nada? Posso desde já adiantar que são marcas conhecidas e acessíveis, algumas foleiras! O avi…

Podia ser um post fofinho, podia, mas não era meu! 

Hoje é dia de um post fofinho cheios de corações a saltitar por todo lado, não é?! Mas não! Desculpem-me os mais românticos!

Quem me conhece, e segue há uns tempos, sabe que não ligo nenhum a este dia e que até costumo ser bastante sarcástica, sobretudo por causa do “looove” todo que se apregoa, quando na realidade todos os meses há 13 novos casos, denunciados (fora os outros todos que não são), de violência no namoro e que os jovens casais acham normal tratarem-se mal e insultarem-se! Que são permitidas 1 a 2 cenas iniciais de violência, sob as mais variadas desculpas, entre elas, o ciúme e o excesso de álcool!



Isto só enquanto namoram, porque depois casam e é o que se sabe...



Tenho uma filha e um filho e preocupa-me muito saber que o insulto é o novo Bom Dia ou Como Estás, e que mesmo não tendo estes exemplos em casa é fora dela que passam grande parte do seu dia... no que nos toca, tudo faremos para que percebam que o Dia dos Namorados é todos os dias, e que o Amor se celebra com ab…

Umas cabritas desde pequeninas...

Aviso que não é para ofender ninguém é apenas um post sarcástico.“As mulheres são umas cabras” e começam logo a treinar desde pequeninas, por isso, pode dizer-se que em tenra idade as mulheres são umas cabritas! Sendo que o número das letras na palavra diminui conforme aumentam os anos de vida!
Já desde há um tempo que a minha filha se recusa a tirar a toalha, seja para se despir ou vestir, nos balneários da piscina ou no ballet, uma coisa que me enerva solenemente porque não fui habituada a estes puritanismos com tão tenra idade. Esta semana, depois de mais uma cena destas e de me ter zangado com ela, lá me disse que as meninas no ballet são todas muito más e que gozam com ela todas as vezes que ela se despe no balneário e que por isso tem vergonha!
Pelo amor da santa, estas criaturas têm entre 7 e 9 anos!!!! Eu não sei o que aprendem em casa, mas eu não fui criada assim e tenho imensa dificuldade em perceber estes comportamentos... não quero que a miúda ande por aí a despir-se em públ…

Perguntaram-me e eu respondi...

Ontem uma amiga perguntou-me: então viste o programa da Nanny? Ainda não escreveste nada sobre isso?!
Ao que eu lhe respondi: Não vi (fiquei elucidada com a apresentação), não faço intenções de ver, até porque não tenho interesse nenhum na desgraça alheia (tanto dos pais como dos filhos) e muito menos em gente que se alimenta deste tipo de sangue fácil! Li mundos e fundos sobre o assunto, porque por todo o lado se escreveu sobre isto, algumas opiniões sensatas, outras um completo disparate, e é tudo o que tenho a dizer sobre isto!
Sobre a exposição pública dos miúdos e da polémica à volta dos blogues e etc, tenho algum cuidado com os meus mas não sou fundamentalista, com todas as consequências que isso traz!
Nem de propósito, à noite quando assistia às noticias ouvi que em 2017, em Portugal, morreram 20 mulheres por violência doméstica, e agora, vamos todos a casa destas mulheres e alguns homens vê-los a levar na tromba?
Infelizmente a lista destes temas é extensa... Não quero com ist…

Quando o modelito do dia te faz sorrir...

A roupa que escolho para vestir durante a semana (uma coisa que faço 98% das vezes na véspera, excepto fins de semana e férias) sofre influências da meteorologia e do meu estado de espírito! Tenho a certeza que a forma como se sentem influencia a roupa que escolhem de manhã. Mas o contrário também pode acontecer, ou seja, o outfit influenciar o vosso estado de espírito! E foi exactamente isso que me aconteceu ontem com este “modelito”.
Olhei-me no espelho antes de sair de casa e pensei “Gosto muito deste modelito” e saí confiante cheia daquela atitude: “you rock babe”! Uma hora depois quando tomava café com uma amiga diz-me ela: “ adoro as tuas botas (eu também) e dessa tua atitude hoje, acho que é do outfit”
Resumindo: uma boa escolha do outfit + uma atitude positiva = boa disposição e sorriso no lábios!
E como estou sempre a dizer que só compro nos saldos aqui fica a lista de preços: As botas já conhecem, comprei-as na Zara em saldos por 19.99€ As calças custaram 9.90€ numa loja aqui…

Da série "reflexões ao Domingo"

Quem me segue desde há uns tempos sabe que me pergunto muitas vezes sobre a continuidade ou não deste blogue, e isto tem apenas a ver com o meu medo da exposição pública, resultante do meu lado mais reservado ou alguma timidez, que para a maioria é imperceptível.
Este blogue começou com o nascimento do meu filho mais velho há 11 anos, e na altura achei que fazia todo sentido partilhar esta experiência... entretanto a filha nasceu e o blogue ficou em stand by por falta de tempo e muito cansaço à mistura.
Os filhos cresceram, a vida reorganizou-se e, naturalmente, o blogue também se transformou. Chegada aqui, quero que todos aqueles que nos seguem hoje percebam que este blogue tem como objectivo partilhar bocadinhos das nossas vidas e muitas outras coisas (às vezes sem interesse nenhum) perfeitamente normais e que poderiam ser as vossas também!
A intenção é que se identifiquem com algumas das coisas que publico e que de alguma forma vos possa inspirar! Até porque por detrás disto tudo,…

Como ir aos saldos sem cenas à Kill Bill

Muito provavelmente já estão fartas de ler sobre este assunto, mas ainda assim vou deixar-vos as minhas super dicas para irem aos saldos e evitarem cenas à Kill Bill.
Como normalmente sei o que tenho dentro do guarda roupa é mais fácil saber o que não tenho, o que quero e o que precisa de ser substituido. Isto é importante para não comprar coisas desnecessárias.
Quando as novas coleções chegam às lojas dou sempre uma vista de olhos e se gosto de alguma peça experimento logo, assim evito as filas nos provadores e cenas tristes na altura dos saldos.
Evito também comprar só porque é barato e depois logo se vê... até porque depois nunca se vê mesmo porque não sai do cabide. E isto já foi testado cá em casa!
Compro o que realmente preciso e para substituir o que já está a pedir reforma.
Compro roupa e não marcas. Sou adepta de vestir o que gosto e de qualidade sem ter que ser de marca, mas confesso que aproveito os saldos para espreitar aquela carteira em pele ou aquele par de sapatos mais…

Ano Novo "same old life folks"

Então Bom Ano outra vez! Sim, porque hoje a grande maioria volta ao trabalhinho e vai perceber que nada mudou! E desculpem-me a tinhosice logo de manhã e ao dia 2, mas vamos lá ser realistas agora que já passou o efeito do champanhe! E as listas de resoluções e planificações e novas decisões, tudo a postos para fazer o “check list”? (tinhosice outra vez)
Bom, vou deixar-me de ironias e falar a sério sobre isto...

Quanto a vocês não sei, mas para mim a passagem do ano é literalmente isso, passar de um ano para o outro sem grandes mudanças ou novidades, o que eu agradeço, até porque gosto de acordar no dia 1 com os do costume e com tudo no mesmo sítio (vá, alguns copos fora do sítio, a casa mais suja que o habitual, mas isso foi só por causa de mais uma festa). Não adianta fazer 500 mil listas de “ano novo” se durante o resto do ano não cuidarmos de nós, não acarinharmos os que mais gostamos, não tomarmos as rédeas da nossa vida e irmos à luta! Pensem nisto e agora vejam lá se fizeram iss…